sábado, 30 de abril de 2016

Viu o que você faz?

Neste frio, o aconchego e o seu carinho era o que eu mais queria...
Mas uma pena, hoje não será o feliz dia que o terei comigo
E nessa de sentir saudades suas me pego relembrando, de repente
Aquele dia em que estive em seus braços...
O calor, a ternura, o cheiro que só a você pertence
Engraçado, sobre você me lembro de tudo perfeitamente 

Droga! Agora a saudade aumentou mais
Como se tornaram tão fortes os nossos laços?
Como nos tornarmos tão íntimos que não há mais "embaraços"? 
Só o que consigo entender é o que sua ausência faz...
Abstinência? Não sei se é a palavra certa
Mas se o que ela traz é um desejo incontrolável de te ver
Então, sim, talvez eu tenha que ficar mais alerta.

Viu o que você faz?